ab hoc et ab hac

Cleide, casada com Dori Fontana.
Mãe de 3: Bruna, Daniel e Rafael.


Sou humana. Sou aprendiz. Sou mulher. Sou feliz porque desejo a felicidade. Encontro respostas porque vivo comprometida a buscá-las. Sou amante porque acredito indubitavelmente na capacidade de compartilhar. Esta a minha essência: imperfeita sim... Mas inundada de amor!

“E com o seu olhar furado de nascentes
O menino podia ver até a cor das vogais -
como o poeta Rimbaud viu.
Contou que viu a tarde latejar de andorinhas.
E viu a garça pousada na solidão de uma pedra.
E viu outro lagarto que lambia o lado azul do
silêncio.”

—   Manoel de Barros (via canciondelalma)
  • 2 June 2012
  • 36